A Amazon (AMZO34) concedeu a Andy Jassy 61 mil ações na terça-feira (6), primeiro dia como novo CEO da companhia. As ações serão adquiridas em um período de dez anos.

Segundo o site CNBC, a concessão representa um reconhecimento financeiro de uma mudança de liderança de alta prioridade para uma das maiores empresas de tecnologia do mundo.

Jeff Bezos fundou a Amazon em 1994 e hoje é a pessoa mais rica do mundo, com um patrimônio líquido de quase US$ 200 bilhões, de acordo com a Bloomberg. 

Ao deixar o cargo que exerceu por 27 anos, ele entrega sua empresa a um executivo de confiança que liderou a Amazon Web Services (AWS) desde seu início.

Jassy liderou o avanço da empresa em tecnologia, ajudando a Amazon a se expandir além do comércio e tornando a empresa mais lucrativa.

As ações adicionais de Jassy valem US$ 214 milhões ao preço de fechamento da Amazon na sexta-feira de US$ 3.510,98 por ação. 

Além do prêmio, Jassy já possui 0,02% das ações da Amazon, no valor de mais de US$ 300 milhões, de acordo com a FactSet.

O sucessor de Jassy como chefe da AWS é Adam Selipsky, que voltou para a Amazon vindo da Salesforce no início deste ano.

Primeiro e-mail aos funcionários como CEO

Andy Jassy enviou seu primeiro e-mail para toda a empresa como CEO da Amazon na terça-feira, abordando suas idéias sobre a nova função.

No e-mail, obtido pela Business Insider, Jassy reitera seu compromisso com a empresa, com as apostas de longo prazo e agradece os cerca de 1,3 milhão de funcionários da Amazon por seu trabalho.

Ele também destaca o papel “extraordinário” que a Amazon desempenha no mundo e seu imenso impacto na sociedade em geral, um provável lembrete para os funcionários mostrarem mais empatia e assumirem mais responsabilidade social em cada decisão que tomarem.

Esta é uma mudança cultural enfatizada pela Amazon ao adicionar dois novos princípios de liderança nessas áreas na semana passada.