O IRB-Brasil Resseguros (IRBR3) informou nesta quinta-feira (16), que a AM Best Rating Services, agência global de classificação de riscos com foco exclusivo no setor de seguros e resseguros, confirmou a manutenção do Rating de Força Financeira do IRB Brasil RE em "A-" (Excelente) e a Classificação de Crédito de Longo Prazo do Emissor (ICR de Longo Prazo) em "a-".

De acordo com a análise da AM Best, as classificações decorrem do balanço patrimonial do IRB Brasil RE, bem como da tendência favorável do desempenho operacional, com os esforços contínuos para reestruturação dos negócios.

A AM Best destaca ainda em seu relatório, que o IRB Brasil RE é o player dominante no Brasil, com linhas de negócios diversificadas e perfil neutro.

Em relação ao gerenciamento de riscos corporativos, a AM Best o considera apropriado e reconhece que o IRB tomou muitas medidas para reforçar suas estruturas e governança, com destaque para nomeação dos novos executivos e a presença de oito conselheiros independentes no Conselho de Administração e, que tais melhorias têm contribuído na estabilização das operações da Companhia.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa

A perspectiva negativa atribuída pela AM Best, de acordo com o documento, é reflexo do entendimento da agência de que, apesar das recentes melhorias operacionais e estruturais, os benefícios esperados ainda não são aparentes no desempenho operacional, que foi influenciado por questões macroeconômicas nos números e pelo reforço de provisões realizado pela Companhia.

A manutenção do rating é o reconhecimento de que as medidas de recuperação financeira e da credibilidade da Companhia estão surtindo resultados.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa

Resultado do IRB Brasil no Terceiro Trimestre de 2021

O resultado do IRB Brasil (IRBR3) no terceiro trimestre de 2021 (3t21), divulgado no dia 11 de novembro, apresentou um prejuízo de R$ 155,7 milhões, apresentando redução no prejuízo de -27,8% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O resultado de underwriting da IRB Brasil totalizou um prejuízo de R$ 677,8 milhões no 3T21, apresentando retração de -72,6% na comparação com o 3T20.

A margem líquida da IRB Brasil atingiu -7,6% no 3T21, apresentando crescimento de 1,5 ponto percentual na comparação com o 3T20.

As ações da IRB Brasil (IRBR3) acumulam alta de 3,50% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 40,48% nos últimos 12 meses.