Ações do Setor de Construtoras Têm Futuro Promissor?
| ,

Ações do Setor de Construtoras Têm Futuro Promissor?

Descubra porque você precisa ter ações do setor de construtoras na sua carteira de investimentos.

Por
Atualizado em 10/11/2020

Eu já escolhi meu cavalo na corrida das construtoras e você já escolheu o seu?

Primeiro eu sugiro um grande cuidado para não demorar demais, pois como já diz o ditado, cavalo encilhado não passa duas vezes. 

Acredito que nos próximos 2 anos o setor poderá ser muito beneficiado.

Entenda…

As construtoras estão inseridas em um setor cíclico, isso quer dizer que o desempenho delas está vinculado a variáveis associadas à atividade econômica. 

Banner will be placed here

É preciso de juro baixo, crédito farto e emprego e renda em alta.

Obviamente não temos todo esse conjunto de variáveis alinhadas no momento.

Isso quer dizer que ao se expor a setores como esses, você está assumindo um risco um pouco maior, mas um risco que é bom de se correr.

Nas crises, esses setores tendem a sofrer mais do que a média, mas também tendem a desempenhar acima da média em momentos de retomada.

Em uma crise econômica, momento em que a insegurança e a instabilidade se instalam no país, você dificilmente comprará um novo apartamento, por outro lado, certamente vai pagar sua conta de luz. 

Por isso, empresas do setor elétrico são consideradas perenes e resilientes à crises. 

Existe uma grande previsibilidade de resultados futuros. 

Elas vendem um serviço essencial, diferente da maioria das empresas do setor cíclico. 

Mas o foco aqui são as construtoras.

De 2008 até 2013 vivemos um momento ímpar do setor imobiliário.

A consolidação do cenário econômico brasileira colaborou para o aumento da confiança dos investidores e dos consumidores.

Muitas incorporadoras expandiram suas operações por todo o país neste período.

Contudo, em 2013 as incertezas políticas acabaram por gerar uma grande crise no setor.

Quer Investir em Boas Ações? Baixe Grátis o Relatório com as 3 Melhores Ações para Investir Hoje.

Os anos entre 2013 e 2018 foram bem desafiadores para as empresas do setor.  

grafico-evolucao-acoes-construtoras

Veja no gráfico acima onde está destacado em azul a evolução das ações das principais construtoras do país. 

As construtoras sofreram uma forte destruição de valor nesse período.

O ano de 2019 chegou para mudar essa história. 

Um juro muito baixo e uma agenda de reformas estavam aquecendo o setor.

As ações das principais construtoras refletiram essa melhora nas perspectivas e seus preços subiram. 

Com a queda da taxa de juros e o acesso facilitado ao financiamento imobiliário, 2020 era para ser o ano das construtoras.

Existia uma unanimidade de que as ações do setor estariam passando por uma grande virada e que poderiam entregar muitos resultados.

Mas no caminho surgiu a pandemia.

Se por um lado isso foi negativo para o setor, por outro, foi uma oportunidade que se criou para quem ainda não havia se posicionado anteriormente

Por sorte, o impacto da pandemia nas construtoras foi abaixo do esperado, com o mercado já está precificando isso nos preços atuais.

As expectativas sobre o setor voltaram a melhorar, lembrando muito o sentimento pré-pandemia.

Ainda temos algumas oportunidades, mas saiba que não irão durar para sempre.

Na carteira do Joias, optei por escolher uma empresa de qualidade, com bom histórico de gestão e com condições de destravar muito valor nos próximos anos. 

Quer Investir em Boas Ações? Baixe Grátis o Relatório com as 3 Melhores Ações para Investir Hoje.

Veja algumas ações que poderão se beneficiar nos próximos 2 anos:

Sigla Vl Merc ROE Méd 5a ROE Méd 3a ROE P/L Méd 5a P/L Méd 3a P/L PSR P/VPA Dív Líq/Pat Líq
EVEN3 2,54B -1,2% -4,9 7,1% -21,06 -36,00 18,42 1,6 1,30 0,28
DIRR3 2,04B 1,1% -1,9% 8,3% -34,11 -16,84 17,15 1,4 1,43 0,19
MRVE3 8,81B 12,4% 13,2% 10,4% 9,36 10,20 14,59 1,4 1,51 0,67
JHSF3 5,32B 2,3% 4,2% 17,6% -1,35 -4,99 9,20 6,7 1,62 0,30
MTRE3 1,60B 13,5% 13,5% 1,5% 56,71 56,71 111,18 5,4 1,65  
CYRE3 10,15B 4,7% 3,2% 8,9% -225,82 56,94 21,50 2,7 1,91 0,50
TRIS3 2,33B 7,5% 10,7% 14,3% 19,76 11,44 14,18 2,9 2,02 0,02
TEND3 2,93B 9,3% 14,2% 14,1% 10,08 10,04 14,74 1,5 2,08 0,94
EZTC3 8,58B 10,1% 8,4% 8,3% 21,54 28,40 26,27 9,5 2,17 -0,02

As oportunidades estão bem na sua frente.

Na carteira do Ações para Vida, seguimos com a boa e resiliente MRV.

Dica: escolha uma que esteja com uma boa margem de segurança e que tenha apresentado melhora em seus fundamentos. 

O caminho é turbulento, eu sei, afinal estamos falando de renda variável. Não espere nada diferente disso. 

Os resultados farão tudo valer a pena.

Análise de Ações

Disclaimer: Declaro que as informações contidas neste texto são públicas e que refletem única e exclusivamente a minha visão independente sobre a companhia, sem refletir a opinião do The Capital Advisor ou de seus controladores.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE