As ações da Tesla (TSLA34) caíram mais de 5% nas negociações de pré-mercado na segunda-feira, depois que o CEO Elon Musk propôs a venda de cerca de 10% de sua participação nas ações da empresa.

De acordo com a CNBC, as ações da Tesla caíram 5,5% para US$ 1.155 às 5 da manhã de segunda-feira, uma queda significativa no preço de US$ 1.222,09 que fecharam quando os mercados fecharam na sexta-feira.

A queda veio depois que Elon Musk pedir a seus 62,5 milhões de seguidores no Twitter para determinar o futuro de uma parte de suas propriedades na Tesla.

O bilionário perguntou no Twitter se ele deveria vender 10% de suas ações na empresa de veículos elétricos.

“Ultimamente, muito se fala de ganhos não realizados serem um meio de evasão fiscal, então proponho vender 10% de minhas ações da Tesla. Você apoia isso? ”

O bilionário deu às pessoas a opção de votar “Sim” ou “Não” e prometeu acatar os resultados da votação, qualquer que fosse.

Cerca de 3.519.252 pessoas responderam, e 57,9% delas votaram “Sim”.

Tuíte de Elon Musk perguntando da venda das ações
Tuíte de Elon Musk perguntando da venda das ações.

Musk, que é CEO da Tesla desde 2008, possui 170,5 milhões de ações da empresa de carros elétricos, de modo que uma participação de 10% valeria cerca de US$ 21 bilhões.

O empresário já havia dito na Code Conference que provavelmente venderia “um grande bloco” de suas ações no quarto trimestre.

“Tenho um monte de opções que expiram no início do próximo ano, então ... um grande bloco de opções será vendido no quarto trimestre - porque tenho que fazer ou elas vão expirar”, disse ele.

Musk provavelmente enfrenta uma grande cobrança de impostos sobre suas opções de ações.

De acordo com cálculos da CNBC, o valor seria de mais de US$ 15 bilhões.

As ações da Tesla dispararam em 2020 e 2021. Recentemente, o anúncio da locadora de automóveis Hertz de que compraria 100 mil Teslas ajudaram a elevar ainda mais o valor da empresa.

O grande aumento no preço das ações da Tesla colocou Musk no topo da lista dos bilionários do mundo.

Ele agora vale US$ 338 bilhões, de acordo com o Bloomberg Billionaires Index, e viu sua riqueza aumentar em US$ 169 bilhões no ano passado. 

O fundador da Amazon (AMZO34), Jeff Bezos, é o segundo, com US$ 202 bilhões de patrimônio líquido.

Quer uma Consultoria de Investimentos? Agende Agora uma Pré-Consulta Grátis.