O que é COO e como funciona
SIMULE AGORA

COO

O que é COO. Significado, conceito, para que serve e como funciona.

O que é COO?

COO é a sigla para Chief Operating Officer, cujo tradução para o português é Executivo Chefe de Operações, 

Este termo também costuma ser traduzido como Diretor de Operações.

O COO é um cargo atribuído para aqueles que atuam ao lado do CEO (Chief Executive Officer ou Presidente), o cargo mais importante de uma companhia.

Sendo assim, o COO é o segundo cargo na hierarquia da empresa.

Um exemplo conhecido é o de Tim Cook. Ele era COO da Apple enquanto Steve Jobs era o CEO

Com a morte do antigo líder da empresa, Tim Cook se tornou o novo CEO da Apple.

A justificativa para isso era de que os sócios entendiam que ele era muito próximo de Steve Jobs e, portanto, conhecia bem a empresa.

Banner will be placed here

O que faz o COO?

No geral, o COO é o responsável pela gestão das atividades do dia a dia da companhia.

É o COO quem deve realizar um acompanhamento rotineiro e eficiente do negócio, devendo reportar regularmente todas as operações da empresa ao CEO (Diretor Executivo).

Não é necessário uma formação específica para trabalhar no cargo de COO.

Na prática, há profissionais dos mais diferentes campos de atuação e formação ocupados neste cargo. 

O determinante nesta posição é a afinidade com o CEO e a identificação com a área da empresa, pois ele deverá estar sempre disposto a atender as demandas destinadas ao setor de operações.

O COO também precisa ter um perfil voltado para resoluções de problemas, por tratar da rotina de produção e enfrentar situações com maquinário, pessoal, fornecedores e etc.

Em suma, o COO é responsável por fazer as coisas acontecerem, devendo liderar e inspirar a operação da empresa em todos os momentos.

Qual a importância do COO?

A importância da figura do COO está em reduzir o envolvimento do CEO em algumas questões burocráticas diárias, deixando tempo para as decisões estratégicas da companhia. 

Ou seja, é o COO quem cuida para que a estratégia e os processos da companhia sejam bem executados. 

Quem conquista o cargo de COO geralmente tem como característica a lealdade.

Isso porque é necessário o CEO ter grande confiança nesse profissional para ter tranquilidade de se concentrar em suas tarefas. 

É importante ter em mente que nem todas as empresas têm o cargo de COO.

Muitas vezes ocorre do CEO atuar nas duas frentes, ou seja, tomando decisões acerca das estratégias e também fiscalizando para que tudo ocorra da maneira correta.

Entretanto, com o crescimento das organizações e o aumento da complexidade dos processos, torna-se necessário a contratação de um profissional voltado para esse objetivo específico.

Além disso, a existência de um COO é um importante indicativo de estabilidade na gestão da empresa. 

Na ausência do CEO – via falecimento, incapacitação ou aposentadoria -, ocorre que, naturalmente, o COO sucederá a administração do antigo diretor executivo.

Dessa forma, caso haja estabelecido o cargo de COO, tem-se a expectativa de que o funcionamento da companhia seguirá a mesma lógica que antes.

Quando contratar um COO?

É importante frisar que nem sempre é necessário a existência de um cargo de COO.

Isso ocorre principalmente em startups que estão em seus estágios iniciais, ou seja, nos primeiros 2 ou 3 anos.

No início do negócio os processos costumam ser mais simples e menores, de modo que o CEO tende a conseguir resolver os problemas, gerenciar as atividades e ainda tomar as decisões. 

Neste caso, a contratação de um COO pode gerar um gasto supérfluo.

Entretanto, a partir do momento em que a operação passar a se tornar mais complexa, com a companhia crescendo de forma acelerada, a contratação de um COO pode ser fundamental.

O CEO terá noção da importância do COO quando as demandas dos investidores e demais parceiros começarem a crescer.

Outro sinal será quando as atividades do dia a dia da firma passarem a deixar o CEO sobrecarregado, correndo o risco de negligenciar coisas importantes.

Assim, o COO é fundamental para empresas complexas, que tenham um tamanho relativamente grande e que estejam passando por processos de rápido crescimento.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE