Os “truques” para alcançar a liberdade financeira não são fáceis, já que raramente existem atalhos neste processo e as recompensas exigem tempo e esforço.

Ainda assim, Morgan Housel, especialista em finanças comportamentais, aponta que é possível começar cedo a seguir regras para cuidar do seu dinheiro e fazer toda diferença no futuro.

Ao site CNBC Make It, Housel revelou princípios que aprendeu como sócio de uma empresa de capital de risco e durante toda sua carreira estudando e escrevendo sobre finanças.

“Descobri que quanto mais cedo você seguir estas cinco regras financeiras, maior será a recompensa.”

“Não será fácil, mas ignorá-las pode levar a arrependimentos mais tarde na vida”, alerta o especialista.

Então, você está pronto para conhecer as cinco regras para cuidar do dinheiro enquanto ainda é jovem e não se arrepender depois?

Leia até o final e descubra como esses princípios podem influenciar sua qualidade de vida no futuro.

Quer Melhorar suas Finanças Pessoais? Baixe Grátis o Livro Digital “Como Investir Começando do Zero”.

Mantenha seu ego abaixo de sua renda

Gastar um certo nível além de suas necessidades básicas é um comportamento estimulado principalmente pelo ego.

Portanto, economizar pode ser apenas uma diversão para aumentar a aparência de seu status hoje e fazer um uso mais produtivo amanhã.

Quando você define a poupança como a diferença entre seu ego e sua renda, percebe por que muitas pessoas, mesmo com uma renda decente, economizam tão pouco.

É uma luta diária contra os instintos de “estender as penas do pavão” e acompanhar os outros fazendo o mesmo que eles.

Pessoas com sucesso duradouro em finanças pessoais - não necessariamente aquelas com alta renda - tendem a não dar a mínima para o que os outros pensam sobre elas.

Esta é a habilidade financeira mais subestimada.

Não se comprometa com alguém que não concorda com seus gastos

A maneira mais rápida de quebrar suas finanças é casar-se com alguém que tenha expectativas de gastos totalmente diferentes das suas.

Segundo Housel, “duas pessoas que gastam muito provavelmente é mais seguro do que um poupador e um gastador”.

Ele alerta que disputas por dinheiro são a principal causa de divórcio.

Um hack de finanças pessoais relacionado: Não se divorcie.

Como Começar Investir? Baixe Grátis o Livro Digital "Como Começar a Investir do Zero".

Evite problemas

Charlie Munger, vice-presidente da Berkshire Hathaway, disse uma vez:

“Ninguém sobrevive melhor a uma cirurgia cardíaca aberta do que o cara que não precisou do procedimento em primeiro lugar.” 

Ou seja: ninguém sai das dívidas mais rápido do que quem as evita.

Conte quantos programas existem para consolidar e gerenciar empréstimos estudantis em comparação com as estratégias encorajando a obtenção de diploma sem dívidas - 100 para um, pelo menos.

O mesmo se aplica aos investimentos

Parte da razão pela qual os esquemas de “enriquecimento instantâneo” são tão populares é porque muitas pessoas buscam ficar ricas rapidamente, depois de muito tempo sem economizar.

Para Housel, uma verdade subestimada em finanças é que você não precisa tomar muitas decisões importantes para se sair bem ao longo do tempo.

Você só tem que manter a consistência de não perder dinheiro em longos períodos.

Uma boa forma de alcançar isso, tanto para quem já investe ou para quem busca rentabilizar seu patrimônio é conhecer o seu Perfil de Investidor, com ele você saberá onde investir sem correr riscos desnecessários.

Utilize serviços de baixo status e alta eficiência

O especialista Morgan Housel também considera esta regra como muito importante.

Segundo ele, a utilização de serviços como cursos populares e bibliotecas públicas pode causar uma economia impactante no futuro.

Mas é preciso ressaltar que esta substituição deve pesar a relação de custo e qualidade do serviço, considerando os seus objetivos com ele.

Como Começar Investir? Baixe Grátis o Livro Digital "Como Começar a Investir do Zero".

Escolha uma carreira que pague um salário decente

O conselho do comediante Chris Rock para as crianças é ótimo:

“Você não pode ser o que quer; você pode ser qualquer coisa em que seja bom, desde que eles estejam contratando.”

Housel também considera ótimo o conselho do professor de MBA Scott Galloway:

“As pessoas que dizem para você seguir sua paixão já são ricas”.

Essa é uma mensagem impopular, mas Housel destaca que uma carreira pela qual você não seja apaixonado, mas em que ganha uma boa renda, pode ser a melhor alternativa.

“Isso tem menos a ver com dinheiro e mais com liberdade”, explica.

Um emprego de paixão que ofereça baixa renda pode gerar ressentimento conforme você envelhece e tem filhos.

Com o tempo, hipotecas e todos os tipos de contas mais altas tendem a se tornar um fardo grande o suficiente para sufocar a alegria que você obtém de trabalhar com o que você ama.

Um trabalho de que você simplesmente gosta, mas que paga um salário decente, pode eventualmente oferecer flexibilidade financeira.

Assim, essa liberdade financeira pode permitir que você busque as paixões como hobbies puramente para o prazer delas, sem a obrigação de depender delas para sobreviver.

Para ajudar você nesta jornada rumo à independência financeira por meio de investimentos, baixe aqui uma cópia gratuita do livro digital "Como Começar a Investir do Zero".