5 Mitos Sobre a Diversificação da Carteira de Investimentos
|

5 Mitos Sobre a Diversificação da Carteira de Investimentos

Cuidado para não cometer esses erros na hora de diversificar sua carteira de ações.

Por
Atualizado em 13/09/2021

A diversificação de investimentos é crucial para reduzir o risco e melhorar o retorno geral do seu portfólio. Embora muitos saibam isso de cor, pode ser difícil aplicar com sucesso na vida real. 

Uma boa estratégia de gerenciamento de risco passa por uma alocação em diferentes tipos de investimentos, classes e setores, com riscos e características diferentes.

As carteiras de ações são um bom exemplo de como a diversificação é importante. Embora estejam expostas às oscilações da bolsa de valores, suas variações estão diretamente relacionadas aos setores e mercados em que estão inseridas.

Portanto, uma carteira de investimentos diversificada distribui os ativos de forma estratégica e harmoniosa, que reage de forma diferente aos acontecimentos do mercado financeiro.

Dessa forma, é capaz de mitigar os riscos e alcançar melhor rentabilidade.

Para entender e aplicar melhor o conceito de diversificação ao seu portfólio, veja 5 mitos dessa prática e como montar um portfólio diversificado.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

1. “Ter uma variedade de ações, significa que sou bem diversificado.”

Errado. Possuir uma carteira composta 100% de ações não significa que você está diversificado.

Para uma boa alocação de ativos, outros produtos de investimento também costumam ser necessários, como títulos de renda fixa, fundos imobiliários, ETFs, alocação internacional e criptomoedas.

Isso ocorre porque cada classe de ativo tem características e benefícios variáveis, como diferentes perfis de risco x recompensa, custos e horizontes de tempo que podem ajudar a gerenciar seu risco geral. 

Saber seu perfil de investidor é fundamental na hora de escolher os melhores ativos para compor sua carteira. Faça o teste de perfil online e descubra o seu em poucos minutos.

Outro ponto crucial para reduzir os riscos e melhorar a rentabilidade da sua carteira é buscar a diversidade dentro de cada classe de ativos. Por exemplo, mantendo ações em vários setores e indústrias. 

Na maior parte do tempo, os setores industriais atuam em ritmos diferentes, portanto, manter ativos em mais de um setor garante que seu portfólio contenha alguns contrapesos. 

Portanto, não adianta possuir diversas ações se elas estão concentradas apenas em um setor. Isso não é diversificação. Se esse setor passar por uma crise, todo seu portfólio será afetado drasticamente.

Onde Investir na Bolsa? Baixe a Lista de 3 Ações para Investir Agora”.

2. “A economia está tão globalizada que não é mais necessário ter exposição internacional.”

Errado. Embora a globalização e os níveis crescentes de riqueza global tenham reduzido a variação entre o desempenho dos ativos domésticos e internacionais, ter exposição internacional ainda é fundamental, principalmente no caso do investidor brasileiro.

O momento das recessões e recuperações econômicas ainda varia entre as nações e a alocação internacional é fundamental para reduzir o risco, seja por meio de fundos de investimentos, ações, títulos ou moedas.

Banner will be placed here

3. “Uma vez que tenho um portfólio diversificado, não preciso mais me preocupar com isso.”

Mito. Montar um portfólio diversificado é o primeiro passo, mas é preciso reequilibrá-lo regularmente para manter a diversificação ideal. 

Digamos que você tenha um estoque de ações de tecnologia que bateu recordes no ano. As ações disparam em valor, enquanto outras ações que você possui em setores menos glamorosos não se saem tão bem. 

No final do ano, você pode descobrir que tem mais dinheiro em tecnologia do que queria inicialmente. 

Para permanecer totalmente diversificado, reequilibre seu portfólio para refletir seu mix de destino original. Isso pode significar a venda de alguns ativos para comprar mais outros que ajudem a cumprir suas metas de diversificação.

Saiba onde seu dinheiro está agora, bem como seu mix de investimentos atual. Não se esqueça que os tempos mudam e suas prioridades e os produtos de investimento do mercado também. 

Fique por dentro dos novos desenvolvimentos e certifique-se de que suas escolhas reflitam seus conhecimentos e seus objetivos atuais.

4. “Preciso analisar as melhores ações sozinho.”

Depende. Embora você precise desenvolver a habilidade de identificar boas oportunidades, você não precisa fazer tudo sozinho. Conte com a tecnologia para ajudá-lo a selecionar as melhores ações e diversificar seu portfólio.

O GuiaInvest PRO é a ferramenta mais adequada para o investidor que busca ter controle sobre suas decisões de investimentos em ações. 

Ele oferece informações, dados, indicadores e ferramentas exclusivas para você selecionar as melhores oportunidades da bolsa de valores de forma rápida, intuitiva e simples.

Melhores Ações para 2021: Encontre as Melhores Ações para Investir com Apenas 1 Clique.

5. “Possuir um fundo de investimento ou ETF é o suficiente”

Errado. Embora os fundos de investimento sejam formados por diferentes ativos que compõem a carteira, não podemos presumir que o investimento em um ou mais fundos traga diversificação suficiente. 

Os fundos de investimento são uma classe particularmente vantajosa para o pequeno investidor, dando acesso a ativos e mercados que sozinho não teria condições. 

É também uma alternativa interessante para quem não tem tempo de acompanhar o mercado. 

Mesmo com essas vantagens, os fundos de investimentos possuem custos, como taxa de administração e de performance, que podem reduzir os retornos.

A recomendação é evitar a concentração em produtos com a mesma estratégia.

Escolha produtos com baixa correlação, ou seja, que possuem características distintas e se comportem de forma diferente nos movimentos dos mercados.

A ideia geral da diversificação é não colocar todos os ovos na mesma cesta e assim, reduzir os riscos e potencializar os retornos em qualquer que seja a situação dos mercados ou setores específicos.

Para aprender a diversificar e fazer uma boa alocação de ativos, continue estudando o mercado e conte com ferramentas que te ajudem a identificar as melhores ações.

Melhores Ações para 2021: Encontre as Melhores Ações para Investir com Apenas 1 Clique.

Dicas sobre Liberdade Financeira

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE