13 Erros Que Estão Te Mantendo Pobre
|

13 Erros Que Estão Te Mantendo Pobre

Esses erros podem estar impedindo você de enriquecer, veja como mudar isso.

Por
Atualizado em 27/05/2021

Alguns erros simples podem estar te mantendo pobre e impedindo você de alcançar a liberdade financeira. A boa notícia é que podemos nos livrar deles com um mínimo de esforço.

Seu dinheiro parece desaparecer a cada mês? Não importa quanto você ganhe, isso parece não ser o suficiente para cobrir suas despesas? 

Talvez esteja na hora de rever seus hábitos financeiros.

Uma boa administração do dinheiro consiste em adquirir educação financeira, elaborar um planejamento e evitar os seguintes maus hábitos que o manterão pobre. 

1-  Não definir um orçamento

Uma das principais razões por trás do descontrole financeiro é a falta de orçamento. 

Elaborar um planejamento financeiro pessoal ajuda a calcular quanto você pode gastar no mês inteiro, pois considera sua receita total, suas despesas fixas e variáveis.

Além de informar para onde está indo seu dinheiro e as despesas que podem ser cortadas para reduzir os gastos.

Muitas pessoas menosprezam o poder de um bom orçamento. É claro que criar um planejamento por si só não basta, é preciso segui-lo para ver a diferença. 

Se quiser mudar sua realidade financeira, comece com esta etapa crucial. Assim que assumir o controle de suas finanças verá que outros bons hábitos financeiros virão com facilidade.

2-  Gastar primeiro e investir o que resta

Se você tem esse tipo de mentalidade fica muito difícil economizar, pois quase sempre a pessoa acaba gastando mais do que planejou e os investimentos são deixados de lado.

Já, se fizer ao contrário, e destinar uma porcentagem do seu salário para investir assim que o dinheiro cai na conta, sempre encontrará uma maneira de se contentar com o que resta. 

Por isso, crie o hábito de pagar-se primeiro e depois gaste o que sobrou.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

3-  Gastar mais do que ganha

Esse erro parece óbvio, mas precisa ser dito.

Milhões de pessoas em todo o mundo estão endividadas justamente por gastarem mais do que ganham. 

Se analisarmos mais de perto, muitos deles acabaram antecipando seus sonhos e financiaram casas e carros que depois não tem como pagar.

O mesmo vale para gastos com cartão de crédito e os terríveis juros que se sucedem.

Esse hábito, além de te deixar em apuros financeiros por muitos anos, te afasta da liberdade financeira. 

Em vez disso, analise suas despesas, ajuste seus hábitos de consumo para que sempre possa pagar pelo que compra.

Certifique-se também de que está aumentando seus fluxos de receita e garanta uma reserva de emergência para que nunca seja pego de surpresa e se veja obrigado a recorrer à empréstimos.

4- Desperdiçar dinheiro em itens desnecessários

Outro erro que te deixa cada vez mais pobre é o mau hábito de gastar com itens desnecessários. 

Por desnecessário entenda-se tudo que você não precisa. 

Você realmente precisa do celular da última geração? Você pode pagar por ele?

Faça essa pergunta para tudo o que for comprar.

Saiba separar seus desejos de suas necessidades

Por exemplo, você pode precisar de um novo sapato para o trabalho ou até um celular novo se o seu estiver estragado. 

Mas o simples desejo de ter mais um sapato ou um celular novo não é uma necessidade.

Quando você puder distinguir entre os dois, estará na posição perfeita para gastar com sabedoria.

Banner will be placed here

5- Gastar por impulsos emocionais

Muitas pessoas cometem o erro de recorrer às compras e gastos para ajudá-las a lidar com o estresse, raiva ou tristeza. 

Outras até gastam quando estão felizes como uma forma de comemoração.

Se você tiver um orçamento para isso e realmente puder pagar, está tudo certo, o problema começa quando seus gastos emocionais começam levá-lo a uma vida de dívidas.

Ao gastar, faça porque precisa e não deixe que suas emoções controlem suas ações

6-  Não planejar suas refeições

O planejamento das refeições é uma parte importante para manter o controle das finanças.

A comida é uma das maiores parcelas do nosso orçamento. Por isso, faz sentido se planejar e encontrar maneiras de minimizar a conta de alimentos. 

Isso vai desde cortar as refeições fora de casa até pesquisar preços na hora de comprar.

7-  Pedir dinheiro emprestado

Quando você está em uma situação financeira difícil, pode ficar tentado a pedir dinheiro emprestado a seus amigos ou família. 

Ao fazer isso, você não só pode prejudicar seu relacionamento com eles, como também ser obrigado a devolver o dinheiro repentinamente.

O ideal é se manter no seu orçamento, sem precisar recorrer a ninguém, salvo algumas exceções, mas isso também pode ser evitado ao criar uma reserva de emergência.

8-  Atrasar seus pagamentos

Pagar multas por atraso é outro mau hábito financeiro a se evitar, além de ser um desperdício de dinheiro.

Para que colocar seu dinheiro arduamente conquistado no bolso de outra pessoa por causa de sua desorganização financeira?

Para evitar multas e economizar dinheiro, anote as datas de vencimento de suas contas ou coloque-as em débito automático (desde que tenha dinheiro para pagar).

Em seguida, certifique-se de pagá-las integralmente.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

9-   Economizar com seguro

Muitas pessoas optam por não ter seguro para economizar dinheiro, mas esta não é uma decisão financeira sábia.

Isso porque seu carro ou seguro saúde são sua rede de segurança. 

Eles te protegem no caso de acontecer algo com seu carro ou ter que lidar com um problema sério de saúde.

Você pode pensar que uma reserva de emergência é suficiente, mas a não ser que você tenha muito dinheiro, certas contas podem ficar mais caras ao tentar economizar com seguro.

Analise com cuidado cada caso.

10- Não ter qualquer economia

Quando se está com dívidas é tentador usar todo o dinheiro para se livrar delas o mais rápido possível.

Porém, o mais sábio a se fazer é destinar uma parte do orçamento para sua reserva de emergência.

Esta é uma reserva de dinheiro que pode ser facilmente acessada em caso de emergências e despesas inesperadas.

Se você não tiver economias, provavelmente também terá que se endividar para essas despesas. Isso pode acabar criando um ciclo difícil de sair. 

Por isso, separe dinheiro para economizar todo mês. Isso permitirá que seu orçamento funcione e lhe dará dinheiro para fazer escolhas.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

11- Não tentar aumentar sua renda

Um fator imprescindível para alcançar a liberdade financeira é aumentar sua taxa de poupança.

Para isso, você deve não só gastar menos, como buscar formas de ganhar mais.

Porém, cuidado para não aumentar também suas despesas conforme seu salário aumenta.

12- Demorar para buscar conhecimento

A educação financeira deveria ser ensinada desde cedo nas escolas, mas isso não tira a responsabilidade de buscarmos o conhecimento, tanto para melhorar nossa relação com o dinheiro quanto para repassar aos filhos.

Engraçado como constantemente arranjamos desculpas de que não temos tempo para coisas importantes, como o dinheiro, mas temos tempo uma cerveja com os amigos, para assistir a novelas e filmes.

Não estou pedindo que você deixe de fazer nada disso, só não dê a desculpa da falta de tempo para cuidar de sua situação financeira.

É possível trabalhar, se divertir e ao mesmo tempo separar algum tempo para estudar educação financeira e as alternativas de investimento.

Não adie mais a decisão de ler um artigo e procurar informações sobre como investir.

Baixe grátis o e-book e saiba Como Investir Começando do Zero.

13- Não investir

Não adianta apenas economizar e deixar o dinheiro na poupança. Assim, você só estará perdendo parte dele para a inflação.

Existem vários tipos de investimentos muito melhores que podem ser usados ​​para diferentes perfis e objetivos.

Fique rico investindo de maneira simples

Segredo da Riqueza
Dicas sobre Liberdade Financeira

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE