12 Etapas Cruciais para Alcançar a Independência Financeira
|

12 Etapas Cruciais para Alcançar a Independência Financeira

Essas etapas te colocarão no caminho certo das finanças pessoais hoje mesmo.

Por
Atualizado em 03/03/2021

O caminho para a independência financeira é feito por diversos passos. Conheça as 12 etapas fundamentais para ir na direção correta e viver de renda.

Independência financeira significa o fim do trabalho obrigatório, é ter a possibilidade de se aposentar mais cedo e aproveitar a vida sem se preocupar com dinheiro.

Quase todo mundo quer se tornar financeiramente independente, então, por que tão poucas pessoas chegam lá?

Um dos segredos é que ela geralmente não acontece “por acaso”, muito menos da noite para o dia.

Tudo começa com um plano detalhado, disciplina e disposição para segui-lo, mesmo quando as coisas parecem difíceis. 

Também significa muitos sacrifícios para ficar rico.

É ver as pessoas ao seu redor tirando férias, comprando carros novos e você mantendo seus gastos baixos. Porém, saiba que tudo isso vai valer a pena lá na frente.

Para ajudá-lo a seguir na direção certa e construir um patrimônio sólido, aqui estão 12 etapas cruciais para se tornar financeiramente independente.

1. Decida o que você quer e não tenha medo

Uma das razões pelas quais mais pessoas não alcançam a independência financeira é que elas têm medo. Não de serem financeiramente independentes, mas das mudanças que terão de fazer para chegar lá.

Alcançar a liberdade financeira não acontece da noite para o dia. Requer sacrifícios, dedicação, disciplina, abrir mão de prazeres momentâneos.

Mas a maioria das pessoas simplesmente têm medo, seja de não conseguir ou não querer se auto policiar ou pior, medo do que os outros vão pensar.

Para se tornar financeiramente independente, você precisa ter uma conversa séria consigo mesmo e deixar claro algumas coisas na sua cabeça, como:

  • Definir exatamente o que a independência financeira significa para você;
  • Ter uma visão clara e realista da sua situação financeira atual;
  • Ter uma ideia realista de onde deseja chegar;
  • Avaliar os obstáculos em seu caminho;
  • Buscar soluções que o ajudarão a se tornar financeiramente independente.

Calma, você não precisa e nem deve tentar fazer isso de uma hora para outra.

Assim como não dá para correr uma maratona sem treinar, não espero que ninguém comece a implementar técnicas avançadas de planejamento financeiro na primeira semana. 

Para dar o primeiro passo, escolha uma meta razoável e alcançável e se acostume a conquistar pequenos ganhos em seu caminho para a independência financeira.

Por exemplo, se você ainda não tem seu orçamento controlado, essa é a primeira coisa a arrumar.

  1. Saia das dívidas;
  2. Comece reservando uma pequena quantia para investir;
  3. Vá aumentando esse valor conforme for se sentindo mais confortável.

Começar devagar o ajudará a construir a confiança necessária para o sucesso a longo prazo.

Banner will be placed here

2. Crie uma série de objetivos secundários que o levarão ao principal

Tornar-se financeiramente independente pode ser seu objetivo final, mas para chegar lá é preciso criar uma escada com uma série de objetivos secundários.

A independência financeira tem como base 3 pilares que devem ser muito bem trabalhados:

  • Ganhar mais;
  • Gastar menos;
  • Investir melhor.

Examine cada um desses pilares e crie pequenos objetivos. Isso garantirá que você está movendo toda a sua situação financeira para  frente.

3. Controle o seu dinheiro e não deixe que ele controle você

Essa é a etapa mais importante, uma vez que nenhuma outra será possível, a menos que você se comprometa totalmente a dominar seu dinheiro.

Controlar seu dinheiro é simples: gaste menos do que ganha. Afinal, ninguém fica rico gastando todo o seu dinheiro.

Você precisa aprender a viver abaixo dos seus ganhos e isso pode ser totalmente desconfortável e doloroso.

Lembre-se que eram necessários sacrifícios para ser rico!

4. Bloqueie os gastos em sua vida

Esteja disposto a se sacrificar agora para ter uma vida melhor para você e seus entes queridos no futuro.

Para isso, você precisa cortar todas as despesas do seu orçamento que não sejam absolutamente necessárias, e até mesmo fazer o que puder para reduzir aquelas que são.

Isso pode incluir desde parar de comer fora, reduzir os planos da TV, celular, adiar aquela viagem de férias, ficar mais um tempo com seu carro velho, reduzir gastos com roupas e até mesmo excluir algumas pessoas do seu círculo social.

Eu sei que isso parece duro, mas as pessoas com quem convivemos podem ter um efeito profundo em como vemos e gastamos o dinheiro.

Se você está cercado por pessoas que “vivem para o momento” – o que significa que gastam seu dinheiro na maior parte se divertindo, em vez de economizar para o futuro, você inevitavelmente será atraído por esse comportamento.

Ao fazer esses pequenos sacrifícios você estará liberando dinheiro em seu orçamento seja para se livrar das dívidas ou para investir.

O que Impede Você de ser um Milionário? Conheça as 25 Crenças que Impedem Você de Enriquecer”.

5. Sempre mantenha sua carreira ou negócios avançando

Viver com menos do que ganha e cortar despesas é importante, mas chegará um momento em que não há mais gordura para cortar, então você terá que ganhar um dinheiro extra.

Para ajudar a si mesmo nessa etapa, certifique-se de manter sua carreira avançando, aperfeiçoando suas habilidades e aumentando seu valor. 

Isso inclui trabalhar em um local onde você seja recompensado por seu esforço, não simplesmente por horas, assim como buscar fontes de renda extras.

6. Pare de arranjar desculpas para não começar

Não seja uma daquelas pessoas que diz “Começarei a economizar dinheiro quando …”

O problema é que esse “quando” nunca chega. Você sempre vai arranjar outras desculpas.

Não existe tempo certo, o melhor momento para mudar suas finanças é agora.

Como Começar Investir? Baixe Grátis o Livro Digital “Como Começar a Investir do Zero”.

7. Crie uma reserva para emergências

Se você tem vivido de salário em salário até agora, sua primeira meta de economia deve ser criar uma reserva de emergência

Afinal, você não pode arriscar que qualquer imprevisto arruine tudo o que construiu até aqui.

Seu primeiro objetivo deve ser acumular uma quantia suficiente para cobrir 30 dias de despesas de subsistência. 

Uma vez que isso seja alcançado, adicione mais 30 dias na sua meta, até que tenha uma quantia suficiente para se manter de 6 a 12 meses.

Deixe esse valor em um investimento seguro, de liquidez diária, isto é, onde possa ser facilmente acessado em caso de necessidade.

Porém, só use esse dinheiro em caso de emergência como demissão, tratamento médico, conserto de carro, etc.

8. Invista

Com seu fundo de emergência formado, comece a direcionar o dinheiro para investir em ativos mais rentáveis de acordo com seu perfil de investidor e objetivos.

Os investimentos são a melhor maneira de gerar renda passiva, isso é, ganhar dinheiro sem precisar se esforçar.

Lembre-se que você não precisa de muito dinheiro para começar a investir, mas nunca terá muito dinheiro se não investir.

Use seu dinheiro para ganhar mais dinheiro. Quanto maior se torna a sua carteira de investimentos, mais perto você chega da independência financeira.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

9. Invista regularmente

Depois que você adquire mais conhecimento sobre o mercado financeiro, percebe que há momentos melhores para investir do que outros. 

Mas isso não quer dizer que você deva esperar para investir, principalmente se está começando.

Como ninguém sabe o que o futuro reserva, planeje investir independentemente do que o mercado esteja fazendo

Ao investir periodicamente, estará fazendo a média do mercado, o que minimizará o risco.

Além disso, os aportes regulares são fundamentais para multiplicar seu dinheiro. É assim que os juros compostos fazem sua mágica.

Se você sentir que é um momento ruim para investir em ações, por exemplo, continue acumulando caixa e investimentos em renda fixa em seu portfólio, assim terá dinheiro para aproveitar oportunidades quando o momento parecer um pouco mais favorável.

10. Diversifique seus investimentos

A melhor maneira de se proteger contra surpresas inesperadas é diversificar seus investimentos em várias classes de ativos diferentes.

Uma boa alocação de ativos significa ter certa quantia de dinheiro investido em ações, outras em renda fixa, imóveis, ouro, dólar, etc.

A porcentagem vai depender muito mais da sua tolerância ao risco. Faça o teste de perfil de investidor e descubra os melhores investimentos para você.

A diversificação evitará que caso algum desses setores tenha um desempenho ruim, os outros mercados equilibrem as possíveis perdas.

Quer Investir em Boas Ações? Baixe Grátis o Relatório com as 3 Melhores Ações para Investir Hoje.

11. Diversifique também suas fontes de renda

Assim como você diversifica sua carteira de investimentos, também é aconselhável que você diversifique sua forma de ganhar dinheiro.

Se seu negócio depende somente de você, qualquer problema que tenha cortará totalmente sua fonte de renda.

Seja pela segurança ou para aumentar a renda, considere a criação de um negócio paralelo. 

12. Revise seu orçamento e suas metas regularmente

Para se manter focado e no caminho certo é preciso revisar as metas, planejamento financeiro e ajustar o necessário.

Como o caminho para a independência financeira é longo, rever o orçamento, ter conversas honestas com seu parceiro sobre dinheiro e até se dar “ao luxo” de comemorar as conquistas, te manterá no foco.

É muito fácil desviar-se do caminho para a independência financeira. Por isso, de tempos em tempos, pare e se certifique de que seus objetivos estão no caminho certo.

Pense nisso como uma afirmação, na qual você renova seu compromisso de viver de renda. Você vai chegar lá contanto que mantenha seu foco e não desista!

Segredo da Riqueza
Dicas sobre Liberdade Financeira

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE