10 Melhores Dicas para Investidores Iniciantes
|

10 Melhores Dicas para Investidores Iniciantes

Investir e ter uma vida financeira mais saudável é acessível para qualquer pessoa disposta. Seguir essas dicas pode te ajudar.

Por
Atualizado em 06/05/2021

Elimine suas dúvidas e complicações com essas 10 dicas para investidores iniciantes e comece a trilhar seu caminho para a independência financeira agora mesmo.

Quem está iniciando ou quer começar a investir enfrenta muitas perguntas: 

Quando e como começar a investir? Quais os melhores investimentos? De quem você deve ou não obter conselhos? 

Investir é extremamente importante para o seu futuro financeiro e não precisa ser complicado.

Veja essas 10 dicas diretas e fáceis de como investir dinheiro para iniciantes:

1- Comece agora

A maior barreira para o investidor iniciante é simplesmente começar. 

Não espere o momento perfeito. Se você já tem seu orçamento controlado, a resposta para quando começar a investir é hoje. 

Comece agora, mesmo com pouco e vá aumentando os aportes gradualmente.

O bom de investir com pouco dinheiro é ir aprendendo e sentindo como você se comporta com a volatilidade do mercado.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

2- Não se deixe levar por promessas de dinheiro rápido e fácil

Infelizmente existem muitas pessoas que querem tirar vantagem do seu sonho de ser financeiramente livre.

Promessas de dinheiro fácil sempre existiram e enquanto houver quem acredite, sempre haverá golpes e fraudes financeiras.

O grande problema é que muita gente não entende ou acha os investimentos complicados sem ao menos.

Essa falta de educação financeira os deixa mais suscetíveis a golpes.

No mercado financeiro não existe almoço grátis.

Seu objetivo como investidor deve ser aumentar seu patrimônio ao longo do tempo, com foco em fatores que você pode controlar, como horizonte de tempo, risco, custos e impostos.

Construir um patrimônio sólido requer tempo, paciência e disciplina.

Se você seguir uma estratégia analisando bem os fundamentos da empresa, você tem enormes chances de se sair bem.

3- Concentre-se na sua porcentagem de economia

Em vez de focar no desempenho de seu portfólio, foque em quanto consegue economizar.

Para investidores de longo prazo, os maiores fatores de sucesso são permanecer investindo regularmente e economizar o suficiente. 

A independência financeira tem 3 pilares fundamentais:

  • Gastar menos;
  • Ganhar mais;
  • Investir melhor.

Como investidor iniciante, seu foco deve ser manter ou aumentar a sua taxa de economia, para então investir mais e melhor. 

Banner will be placed here

4- Estabeleça metas de investimento

Para que você quer investir?

O primeiro passo para o sucesso de uma estratégia de investimento é conhecer seus objetivos.

Definir suas metas de curto, médio e longo prazo e dê a elas um prazo e um valor aproximado.

Uma meta de curto prazo pode ser, por exemplo, sua viagem de férias no próximo ano, enquanto uma meta de médio prazo pode ser um pagamento inicial de uma casa daqui a cinco anos. 

Já uma meta de longo prazo pode ser a sua aposentadoria.

Ter metas tangíveis é uma boa motivação para continuar economizando e investindo, além de ajudar a entender quais os melhores investimentos para cada caso.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

5- Risco x Horizonte de tempo

O horizonte de tempo é quanto tempo você tem antes de usar o dinheiro que está investindo. 

Esse pode ser um fator importante na quantidade de risco que pode correr.

Teoricamente, quanto mais longo for o seu horizonte de tempo, mais risco você pode correr.

Assim, se o seu horizonte de tempo for de 10 anos ou mais, isso significa que pode destinar uma porcentagem maior em ações.

De 5 a 10 anos, uma combinação de ações de boas empresas e títulos pode ser a mais adequada.

Já para um horizonte de tempo de menos de cinco anos uma porcentagem maior em renda fixa deve ser considerada.

Isso não é uma regra geral, até porque você precisa conhecer sua tolerância ao risco. 

Investidores ultra conservadores, por exemplo, mesmo que tenham um bom horizonte de tempo, não suportam a volatilidade da bolsa de valores.

6- Conheça sua tolerância ao risco

O horizonte de tempo é só um dos fatores, porém nunca assuma um risco de investimento que não pode suportar.

Cada perfil de investidor tem sua tolerância ao risco e, consequentemente, os investimentos mais recomendados para o conservador, moderado e arrojado.

Faça o teste de perfil de investidor e descubra o seu.

Além disso, só porque você pode correr mais riscos com seus investimentos, não significa que deva. 

Seu nível de risco é determinado por sua alocação de ativos. Quanto maior a porcentagem em renda variável, maior o risco, mas também será maior a possibilidade de retorno.

Mesmo o investimento em ações tendo maior risco, existem estratégias capazes de amenizá-lo, como uma boa diversificação da carteira em diferentes setores e moedas mais fortes como o dólar.

Você pode também ajustar sua alocação de ativos ao longo do tempo conforme você se aproxima de seus objetivos de investimento.

7- Comece com os fundos de investimento

Depois de “quando investir”, a próxima grande questão que os investidores iniciantes enfrentam é “em que investir”. 

Uma maneira simples de começar na bolsa de valores são os fundos de investimento.

Esse tipo de investimento reúne o dinheiro de vários investidores para comprar uma variedade de títulos.

Além da diversidade, ainda há um gestor que fica responsável por rebalancear a carteira do fundo. 

Claro que essa facilidade tem um custo. É preciso pagar uma taxa de administração e conforme o tipo de fundo de investimento, pode haver outras taxas também.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

8- Mantenha seus custos baixos

Como um investidor iniciante, é muito importante prestar atenção aos custos envolvidos em um investimento, principalmente se está investindo com pouco dinheiro.

Se for investir em fundos de investimento, aqueles com gestão ativa possui taxas mais elevadas. Nesse caso, uma dica é optar por fundos de índice (ETFs) que acompanham um índice do mercado.

Quanto a escolha da corretora, também se atente às taxas cobradas. Quando se está iniciando com pouco dinheiro, prefira aquelas com taxa zero.

No longo prazo, os custos dos investimentos podem corroer o seu retorno.

9- Busque conhecimento

Para se tornar um investidor de sucesso você precisa se dedicar a aprender minimamente o mercado financeiro, as taxas de juros, os tipos de investimento e estratégias.

Em um primeiro momento isso pode parecer assustador, mas não é, ou não precisa ser.

Existem ótimos materiais gratuitos para você se informar e acompanhar o mercado seja em sites, blogs, jornais, Instagram, Youtube.

Você não precisa se tornar um expert para investir bem e ganhar dinheiro no mercado financeiro, mas pode aprender técnicas para investir melhor.

Quer saber Como Investir Começando do Zero? Então baixe gratuitamente o e-book.

10- Pague-se primeiro

O principal erro que te impede de investir e controlar seu orçamento é deixar para investir com o que “sobra”.

O investimento deve ser sua prioridade. Por isso, assim que o dinheiro entra na sua conta, já separe uma parte para o seu futuro.

Pague-se primeiro e pague as contas com o que sobra. Essa deve ser a ordem.

Dicas sobre Liberdade Financeira
Dicas sobre Liberdade Financeira

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE